html image example
Psiquiatra orienta sobre como proceder em caso de sequelas neurológicas e psiquiátricas da Covid-19 ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

A pandemia de Covid-19 já perdura por mais de um ano, mas os dados sobre os efeitos da doença ainda são muito prematuros. No campo da saúde mental,

médicos relatam e estudos registram evidências de sequelas neurológicas e psiquiátricas em pacientes afetados pela Covid-19. No Ceará, o diretor clínico do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), em Messejana, Helder Gomes, explica que tal situações têm sido observadas na unidade e orienta os pacientes a buscarem ajuda especializada.    

De modo geral, as doenças neurológicas são aquelas que afetam o cérebro, a medula espinhal e os nervos, enquanto o rol de doenças psiquiátricas incluem uma variedade de condições que afetam o humor e o comportamento. 

A Covid foi diagnosticada no Brasil, pela primeira vez, há pouco mais de um ano. Para ciência é um tempo muito curto. É necessário a realização de estudos para a gente poder consolidar dados, mas já há algumas evidências, relatos. O que a gente vê é que há uma alta taxa de descompensação, de transtornos psiquiátricos em pacientes que estão acometidos pela Covid", afirma.
Helder Gomes
Diretor clínico do Hospital de Saúde Mental

O hospital não tem ainda sistematizado o volume de pacientes que evidenciam esses quadros, mas, de acordo com o médico, na prática, o que se percebe é que, diante da contaminação por Covid, há também a acentuação de sintomas relacionados, principalmente, aos transtornos de ansiedade, depressivos, bem como aqueles ligados aos quadros de dependência química.