• Girl in a jacket
  • Documento alerta comunidade internacional sobre uso da PF para perseguir rivais de Bolsonaro ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

    Após operação da Polícia Federal (PF) contra Ciro Gomes (PDT-CE), o deputado David Miranda (Psol-RJ) organizou um documento para alertar a comunidade internacional sobre a possibilidade do uso da instituição para perseguir adversários do presidente Jair Bolsonaro (PL).

    À coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o parlamentar explicou que a ideia do texto é pedir a políticos e intelectuais estrangeiros “amigos do Brasil e defensores da liberdade política” que redobrem a vigilância sobre Bolsonaro, para que ele não use o cargo para atacar a oposição, como avalia ter ocorrido em 2018 com a prisão do ex-presidente Lula antes das eleições.

    Dentre os signatários do documento estão Jeremy Corbyn, ex-líder do Partido Trabalhista britânico; Ken Livingstone, ex-prefeito de Londres; além dos norte-americanos Noam Chomsky, linguista e filósofo; Oliver Stone, cineasta; Alfred de Zayas, ex-especialista independente da ONU para a democracia; Ilhan Omar, congressista democrata; e Mark Weisbrot, do centro de estudos em política econômica de Washington.

    Na carta, David Miranda relata a recente operação contra o pré-candidato Ciro Gomes, sob acusação de supostas irregularidades em obras públicas entre 2010 e 2013, quando ele já não era deputado. “Os amigos do Brasil pelo mundo precisam se manifestar sobre o uso descarado da PF para intimidação política no país”, diz ele.

    “A Polícia Federal, controlada por Bolsonaro e com facções fiéis a Sergio Moro, juiz corrupto que prendeu Lula e concorrerá à Presidência, será usada para intimidar oponentes do presidente”, acrescentou Miranda.

    À coluna, Ciro afirmou ter certeza de que a operação foi “ordem de Bolsonaro, tal a violência e arbitrariedade”.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ